Em nota oficial, Venezuela aplaude conquista dos palestinos na ONU

Em comunicado, o Ministério das Relações Exteriores da Venezuela comemorou a decisão da Assembleia Geral das Nações Unidas, quando 143 países aprovaram a representação Palestina no órgão.

A decisão, obviamente, não substitui a criação do Estado Palestino, mas sem dúvida é uma vitória diplomática e revela a crise do sionismo e do imperialismo, que não conseguem mais controlar o desejo dos povos do mundo todo pelos direitos dos palestinos.

O Ministério Venezuelano defendeu que os palestinos devem ter uma “extensão dos direitos que lhe correspondem como Estado livre, soberano e independente” e denunciou a “posição isolada, arbitrária e injusta dos Estados Unidos” que impediu a adesão definitiva da Palestina como membro pleno.

O comunicado ainda exige “uma interrupção imediata e incondicional do genocídio”.

A posição do governo venezuelano é importante na voz dos que lutam pelo povo palestino e uma demonstração de solidariedade internacional.

Fonte: Prensa Latina

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.