Participe dos mutirões de criação dos conselhos populares

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram

Reservar o domingo para visitar os bairros operários, essa é a política de militantes que lutam em defesa da saúde do trabalhador e pelo Fora Bolsonaro e todos os golpistas por meio da formação de Conselhos Populares.

Os primeiros conselhos formados pelos militantes do PCO e dos comitês de luta contra o golpe e o fascismo foram no bairro Ribeirão Fresco em Blumenau (SC) e na cidade de São Felix do Coribe (BA), e representam uma importante ferramenta para a população dessas comunidades, em sua esmagadora maioria sofrendo o duplo flagelo do desemprego e da ameaça de contaminação pelo coronavírus. Em São Félix, já foi publicado e entregue ao prefeito um manifesto com reivindicações. Por sua vez, em Ribeirão Fresco, com a participação ativa da comunidade, estão sendo tirados boletins regulares, foi feito levantamento nos bairros sobre as condições das famílias, sobre as necessidades emergenciais, o que possibilitou, inclusive, uma campanha de solidariedade no bairro com a entrega de cestas com mantimentos para algumas famílias, que estavam em condição de absoluta penúria.

Essas iniciativas estão impulsionando a formação de vários outros conselhos, a começar na própria cidade de Blumenau, mas também em estados como São Paulo, Paraná e no Distrito Federal.

A população, largada à própria sorte pelo poder público não possui senão sua própria organização para sobreviver aos ataques às suas condições de vida, ataques que foram multiplicados por mil com a pandemia e a política capitalista para a crise de destinar trilhões aos banqueiros e uma esmola para a classe trabalhadora desempregada e/ou subempregada.

Os conselhos são, nesse sentido, a centelha para a organização e participação política da classe trabalhadora de forma independente da direita e dos governos, com o propósito central de exigir do poder público o atendimento de suas necessidades, inclusive, caso necessário, com o uso da força e da ocupação de órgãos públicos. Além disso, uma questão chave que se coloca na situação política, e também faz parte da mobilização a partir dos conselhos, é a luta pelo Fora Bolsonaro e todos os golpistas, única forma efetiva de voltar o Estado para o atendimento das necessidades da população, a começar pela saúde.

Esse é o papel de todo militante de esquerda que efetivamente queira lutar. Neste domingo, o PCO e os comitês de luta estarão nos bairros e cidades, participe você, também. Construa o conselho no seu bairro ou cidade!