“Israel” assassina mais 5 jornalistas palestinos

Entre os dias 5 e 6 de julho, pelo menos mais 5 jornalistas palestinos foram assassinados na Faixa de Gaza por “Israel”.

No sábado, Amjad Jahjouh, Rizq Abu Ashkian e Wafa Abu Dabaan, morreram ao serem bombardeados no campo de refugiados de Nuseirat. Filhos dos jornalistas que estavam no local também foram assassinados, tendo o massacre feito, no total, dez vítimas.

Na sexta, Saadi Madoukh e Ahmed Sukkar foram assassinados em um ataque israelense direcionado a uma casa da família Madoukh, em Gaza.

O atual conflito na Faixa de gaza é considerado o mais mortal para jornalistas e trabalhadores da imprensa no mundo. Desde 7 de outubro de 2023 até 5 de julho de 2024, já foram assassinados pelo menos 108 jornalistas dos mais diversos meios de imprensa possíveis.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.