‘Israel’ sequestrou 9.600 palestinos na Cisjordânia desde outubro

Desde o 7 de outubro, quando começou a guerra na Faixa de Gaza, “Israel” sequestrou 9.600 palestinos na Cisjordânia ocupada e em Jerusalém

O anúncio foi feito em uma declaração conjunta na terça-feira (9) pela Comissão de Assuntos dos Detidos Palestinos, pelo Clube dos Prisioneiros Palestinos e pela Addameer, Associação de Apoio e Direitos Humanos dos Prisioneiros.

Segundo a declaração, esse número inclui 325 mulheres, 670 crianças e 88 jornalistas.

Além disso, mais de 7.500 ordens de detenção administrativa foram emitidas na Faixa de Gaza desde o início de outubro, variando entre novas ordens e renovações, incluindo ordens contra crianças e mulheres.

As campanhas de detenção realizadas desde 7 de outubro são acompanhadas por crimes e violações intensificadas, como humilhação, espancamento brutal, ameaças contra os detidos e suas famílias, além de vandalismo e destruição nas casas dos detidos, confisco de veículos, ouro e dinheiro, além da destruição de infraestrutura, especialmente nos campos de refugiados de Tulcarém e Jenin,” diz a declaração.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.