Paraná: PM expulsa mais de 60 famílias de ocupação em Curitiba

Nesta terça-feira (9), a Polícia Militar (PM) expulsou cerca de 67 famílias de uma ocupação na Cidade Industrial de Curitiba, no Paraná. A ação truculenta da PM foi feita após uma ordem judicial de reintegração de posse contra os moradores, que ocupam o local há mais de um ano.

Moradores da ocupação Tiradentes II denunciaram que foram expulsos da área ao mesmo tempo em que estavam realizando negociações com a Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab). Eles afirmam que a ordem judicial foi cumprida no mesmo dia em que a Cohab e a Superintendência Geral de Diálogo e Interação Social (Sudis) fariam o mutirão final de cadastramento das famílias para acesso a um auxílio-moradia.

“O cumprimento absurdo de uma reintegração de posse em vias de uma negociação pacífica mostra o desprezo e o descaso das autoridades e da parte autora, a Essencis Soluções Ambientais, com a grave situação de abandono das famílias que não têm condições de arcar com os custos do aluguel e são empurradas para uma situação habitacional extremamente precária”, afirmou o Movimento Popular por Moradia (MPM) em publicação nas redes sociais.

Agora, diante da expulsão, os moradores da Tiradentes II estão realizando uma campanha de doações para que possam lutar contra os ataques ao movimento e para que possam sobreviver. Nas redes sociais, circula a mensagem abaixo:

Companheiros, precisamos de todo apoio possível nesse momento luta contra a reintegração de posse do espaço ocupado pelos companheiros da comunidade Tiradentes 2 e do Movimento Popular por Moradia (MPM), iniciada na madrugada de hoje, na contramão do acordado com a juíza responsável, com a Prefeitura de Curitiba do bolsonarista Rafael Grega, bem como com a COHAB.

Entrem em contato para ajuda na construção dos acampamentos de campanha, com doações de materiais, lonas, barracas, madeira, alimentos, roupas e cobertas.

Sigam e compartilhem:
@mpm_parana

Entre em contato e contribua:
Contato: (48) 99949-5510 / (41) 98462-2522

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.