No Mato Grosso, MST inaugura acampamento em homenagem à Palestina

Fonte: portal do MST

O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra no Mato Grosso levantou mais um acampamento na manhã desde sábado (11). Com cerca de 200 famílias, o Acampamento de Resistência nasce no Assentamento Egídio Brunetto, Município de Juscimeira, região sul do Estado de Mato Grosso, território já liberto do latifúndio e conquistado com muita luta pelas 72 famílias que aqui vivem e produzem sua existência.

Esta é uma região de muitos Sem Terra que querem lutar por um pedaço de chão para plantar e viver com dignidade. Batizado de “Acampamento de Resistência: Palestina Livre”,  em solidariedade à luta histórica do Povo Palestino pelo seu legítimo direito à sua Terra e Território, o acampamento denuncia o governo de Israel que, com total apoio do governo dos EUA, está praticando um genocídio contra o povo Palestino.

O novo acampamento vem anunciar a retomada da luta pela terra no Mato Grosso e pautar junto ao governo federal e ao Incra a urgência em avançar no assentamento de todas as famílias  que a anos estão acampadas .

Lutamos pela Reforma Agrária Popular para que a terra cumpra sua função social: produzir alimentos saudáveis para o povo e cuidar da natureza. Nesse sentido, o MST reivindica que o Incra faça a vistoria em todas as áreas que foram apresentadas/protocoladas pelo MST. Entendemos que, pra resolver essa situação, basta decisão e vontade política do Incra e do governo federal, pois a Reforma Agraria Popular é o caminho pra acabar com a fome e gerar desenvolvimento social e político.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.