Lula fecha acordo comercial com a Palestina por meio do Mercosul

Na sexta-feira (5), o governo Lula ratificou o Acordo de Livre Comércio entre o MERCOSUL e o Estado da Palestina. Isso aconteceu durante a cúpula do bloco no Paraguai e foi divulgado em comunicado oficial pelo Ministério das Relações Exteriores do Brasil, o Itamaraty.

O comunicado afirma: “o Acordo de Livre Comércio MERCOSUL-Palestina foi assinado em 20 de dezembro de 2011. O Acordo é uma contribuição concreta para um Estado palestino economicamente viável, que possa viver de forma pacífica e harmoniosa com seus vizinhos”.

O Itamaraty destaca que o acordo trata de: “comércio de bens; regras de origem; salvaguardas bilaterais; regulamentos técnicos, normas e procedimentos de avaliação e conformidade; medidas sanitárias e fitossanitárias; cooperação técnica e tecnológica; disposições institucionais e solução de controvérsias. Trata-se de um acordo de abertura de mercados para bens, com cláusula evolutiva sobre a possibilidade de entendimentos, no futuro, sobre acesso a mercados em serviços e investimentos”.

Em toda a imprensa árabe a ação de Lula foi recebida em tom de comemoração. O Brasil é considerado um grande aliado do povo da Palestina.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.